Formulário

Introduza o seu nome.
Introduza um número de Telefone.
Introduza a mensagem.
×

Newsletter

Introduza o seu nome.
×


Noticias


Noticias

Newsletters
WLC NEWS

Governo cria nova linha de 35 milhões para start-ups

O ministro da Economia, António Pires de Lima, anunciou a criação de uma nova linha de apoio às start-ups (empresa de raiz) no valor de 35 milhões de euros, que entrará em vigor este mês.
27/01/2014


Pires de Lima falava em conferência de imprensa, em Lisboa, após uma reunião do Conselho Nacional de Empreendedorismo e Inovação, presidida pelo primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho.

"Foi anunciado pelo Governo ao Conselho Nacional de Empreendedorismo e Inovação a criação de uma nova linha de apoio a start-ups por parte da Portugal Ventures no valor de 35 milhões de euros, que será ativada a partir do mês de janeiro", disse o ministro.

No encontro foi também anunciada "a criação do centro de atividade de novas empresas, nomeadamente ligadas à área da biotecnologia, em Boston, que acumula o apoio que o Governo está a dar a empresas que são acolhidas no acelerador que já existe en Silicon Valley", o que permite dar uma maior exposição às companhias portuguesas no mercado norte-americano.

Também "foi dado nota do apoio que o Governo irá dar de 15 milhões de euros através dos business angels (promotores de investimentos), em parceria com a sociedade civil, para o arranque de novos projetos empresariais", acrescentou Pires de Lima.

O ministro disse que no encontro com o Conselho Nacional foi abordado um conjunto de medidas ligadas "ao empreendedorismo e à dinamização de novas empresas, que normalmente se designam de start-ups, onde queremos que a Portugal Ventures [instrumento do Estado]" esteja particularmente vocacionada para o apoio das empresas no arranque" da sua atividade.

O objetivo, explicou o governante, é "refocalizar a atividade" da Portugal Ventures para a "fase inicial e de arranque de empresas base tecnológica e deixe para o funcionamento regular do mercado o apoio a empresas que já estão sustentadas, que já fizeram a sua prova de vida".

"A nossa intenção é que a Portugal Ventures deixe a atividade típica de private equity e se foque fundamentalmente naquilo que é o capital semente", concluiu.


Destaques


WLC NEWS
11/12/2017

WLC NEWS
28/03/2017

WLC NEWS
28/03/2017

WLC NEWS
05/02/2016

28/04/2015

WLC NEWS
22/04/2015


 
Ctt Expresso Paypal